Salários – reajuste e pisos

Reajuste Salarial

 

Índice de aumento – A cláusula terceira da Convenção Coletiva de Trabalho definiu 3.5% para os salários maiores que os pisos – retroativo a 1º de janeiro/2018, observando a proporcionalidade dos últimos doze meses e podendo ser descontadas as antecipações.

 

Pisos Salariais

 

Definição da Cláusula quarta da Convenção Coletiva de Trabalho aumentos retroativos a 1º de janeiro de 2018:

 

Para as funções de Empacotador de fundo de caixa, Office boy, Copeiro, zelador, Vigia e Auxiliar de Escritório, a partir de 01 de janeiro de 2018, o piso de R$ 984,00 (novecentos e oitenta e quatro reais);

 

– Entende-se por Office-boy a função com o sentido de apoio no estabelecimento; e que não caracterize a prática de qualquer outra função específica.

 

Motoristas:

 

Motorista de veículo leve, inclusive motos – R$ 1.052,20 (hum mil, cinquenta e dois reais e vinte centavos)

 

Motorista de veículos médios – R$ 1.311,00 (hum mil, trezentos e onze rais)

 

Motorista de veículos pesados – R$ 1.911,00 (hum mil,  hum mil, novecentos e onze reais)

 

Açougues:

 

Açougueiro – R$ 1.227,00 (hum mil, duzentos e vinte e sete reais)

 

Balconista de açougue – R$ 1.060,00 (hum mil e sessenta reais)

 

Padarias:

Confeiteiro – R$ 1.255,00 (hum mil, duzentos e cinquenta e cinco reais)

Padeiros  –  R$ 1.230,00 (hum mil, duzentos e trinta reais)

 

Novas funções:

 

Montador de móveis – R$ 1.180,94 (hum mil,  cento e oitenta reais e noventa e quatro centavos)

 

Promotor de vendas -R$ 1.113,00 (hum mil, cento e treze reais)

 

Demais funções:

 

A partir de 1º de janeiro de 2018: R$ 1.002,00 (hum mil e dois reais).

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br