Contra o aumento de juros UGT, centrais e estudantes realizam ato em frente ao Banco Central

ugt banco central_740x400

 

 

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) realizou, na manhã de terça-feira (02), em frente ao prédio do Banco Central, na Avenida Paulista, em São Paulo, juntamente com as demais centrais sindicais e movimentos sociais como os estudantes da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Municipal dos Estudantes Secundaristas (UMES), um grande ato em repúdio as altas taxas de juros da taxa Selic, que é o índice pelo qual as taxas de juros cobradas pelos bancos no Brasil se baseiam e é usada para controlar a inflação.

 

Segundo o boletim Focus divulgado ontem, é aguardada uma alta de 0,5%, o que elevará a Selic para 13,75%, mas mesmo que a taxa Selic não represente os juros cobrados dos consumidores, que são muito mais altos, esse anúncio interfere diretamente a vida da população brasileira, pois é uma taxa de referência para todo o setor econômico do país.

 

“A Inflação está subindo porque o Governo Federal aumentou os combustíveis, a energia elétrica e, como consequência, toda a cadeia produtiva aumenta, menos os salários”, diz Canindé Pegado, secretário Geral da UGT.

 

Pegado salientou que neste momento o Brasil precisa de investimentos, geração de emprego e renda, em contra partida as medidas adotadas pelo Governo seguem a contramão do que necessita a sociedade, pois com o objetivo de acertar as contas federais, jogou nas costas da população a culpa pelos erros administrativos e pela corrupção. “O Governo aumentou impostos e juros para ampliar a arrecadação, cortou investimentos nas áreas da saúde e educação, mexeu no seguro defeso, na pensão das viúvas, nos direitos trabalhistas, mas não está fazendo o dever de casa, pois tem cerca de 22 mil cargos livres de nomeação e 39 ministérios”, explica o sindicalista.

 

Com camisetas escritas “Mais educação e menos juros”, os estudantes se uniram na luta e pintaram a cara de verde e amarelo contra essa política econômica em vigor no país.

 

Fonte: Site da UGT Nacional

 

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br