Presidente da UGT cobra de senado uma pauta em defesa dos trabalhadores

Image1

 

Em reunião, na tarde desta-terça-feira (10|), em Brasília, com o presidente do Senado, senador Renan Calheiros e falando em nome dos trabalhadores, o presidente nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, relatou a preocupação dos sindicalistas com as medidas provisórias 664/2014 e 665/2014, editadas pelo governo no apagar das luzes do ano passado e que retira direitos assegurados dos trabalhadores.

 

Patah estava acompanhado de Chiquinho Pereira, secretario de Organização Política da UGT e dirigentes das centrais sindicais. O encontro contou com a presença de vários senadores, entre eles a senadora Marta Suplicy (PT-SP), que prometeu se empenhar no sentido de evitar prejuízos à classe trabalhadora.

 

Ricardo Patah também lembrou que o senado precisa ter uma pauta em defesa dos trabalhadores e ela deveria ser unificada com a pauta defendida pelas centrais sindicais, que inclui o fim do Fator Previdenciário e as 40 horas semanais, sem perda de salário. Depois, Patah seguiu para a Câmara dos Deputados para um encontro com o presidente da Casa, deputado Eduardo Cunha.  

 

Fonte: site da UGT Nacional

 

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br