Encontro nacional preparatório discute trabalho infantil

 

trabalho-infantil-300x213_740x525

 

Durante a abertura do Encontro Nacional preparatório para a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, nesta quinta-feira (08) em Brasília, o ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, destacou que “há um reconhecimento mundial das políticas brasileiras de erradicação do trabalho infantil”. Segundo ele, o país está preparado para dar uma grande contribuição nessa ação mundial que visa eliminar a exploração da mão de obra infanto-juvenil.

 

O encontro para III Conferência acontece até o dia 09, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, auditório Águas Claras e reúne o Comitê Nacional, com representantes de todos estados brasileiros e a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Para Laís Abramo, diretora do escritório da OIT no Brasil, as políticas adotadas pelo governo brasileiro tornaram-se modelo e que a erradicação do trabalho infantil somente ocorrerá “quando houver um compromisso sustentável, em nível mundial, envolvendo todas as organizações da sociedade civil”.

 

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Teresa Campelo, apresentou no evento um panorama geral das ações desenvolvidas pelo governo brasileiro, tanto no que se refere à retirada das crianças do trabalho quanto no apoio às famílias.

 

III Conferência – O Brasil sediará nos dias 8 a 10 de outubro próximo, a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil que tem por objetivo discutir os avanços no combate à exploração de mão de obra de crianças e adolescentes e os desafios para a eliminação das piores formas de trabalho infantil. Esta é a primeira vez que um país fora da Europa recebe a conferência. O Brasil foi indicado para sediar o evento por ser referência no combate ao trabalho infantil.

 

As ações de políticas públicas desenvolvidas pelo governo brasileiro, com apoio da sociedade civil, reduziu o número de crianças e adolescentes entre 5 anos e 17 anos em situação de trabalho infantil no país em 57% entre os anos de 1992 e 2011.

 

O primeiro encontro global aconteceu em 1997, em Amsterdam, na Holanda. A segunda edição da conferência foi em 2010, em Haia, no mesmo país, e reuniu 450 delegados de 80 países. Para a terceira edição, no Brasil estão sendo esperados 1,5 mil participantes.

 

Fonte: Site da CNTC

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br