Comerciários, 80 Anos de Lutas

*Márcio Fatel

 

Há exatamente 80 anos, os comerciários protagonizaram na cidade do Rio de Janeiro, então capital da República, um episódio que marcaria definitivamente o sindicalismo brasileiro. Antecedidos por um processo sindical iniciado em 1908, em que os caixeiros (como eram chamados os trabalhadores comerciários), criaram a União dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro, que culminou cem 1932, 24 anos depois, no dia 29 de outubro, às 10 horas da manhã, com a marcha de uma multidão de 5 mil  trabalhadores caixeiros, motivados pela necessidade de melhorias laborais e diante de uma jornada de  trabalho escaldante, degradante e desumana, sendo recebidos no Palácio do Catete pelo Presidente Getúlio Vargas. O Presidente, sensível ao pleito da categoria, assinou o Decreto Lei 4042/32, reduzindo-a de 12 para 8 horas diárias, extensiva para todas as categorias  brasileiras, publicado no Diário Oficial no dia seguinte, 30 de outubro de 1932, afirmando pelo valor simbólico essa importante data como o Dia dos Comerciários.

*Márcio Fatel é Presidente da Federação dos Empregados

 no Comércio de Bens e Serviços da Bahia (FECOMBASE),

Secretário Nacional do Trabalhador no Comércio da UGT

E Diretor da CNTC.

 

Categoria dos Comerciários Regulamentada

 

No dia 14 de novembro de 2012, numa votação histórica, os deputados votam e provaram a regulamentação da Categoria dos Comerciários. A conquista da regulamentação reflete anos de luta de uma das categorias mais importantes e sofridas do país; reflete uma luta árdua, mas persistente, de companheiros valorosos por esse país afora; reflete o empenho  de sindicalistas comerciários, das federações de comerciários, especialmente da Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Serviços da Bahia na pessoa do Presidente Márcio Fatel, da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio, atualmente presidida por Levi Fernandes Pinto; e, sobretudo, como o apoio de parlamentares despojados que se fizeram presentes ao lados dos comerciários nos momentos difíceis dessa luta como o Senador Paulo Paim – justamente por ser ele, também, sindicalista e  trazer impregnados na alma os anseios dos trabalhadores de todas as categorias do país.

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br