A Luta da Diretoria do SINDEC

A Diretoria do SINDEC travou uma batalha em defesa dos trabalhadores da Kemigás (Minas Gás) pela falta de pagamento do piso estabelecido na Convenção Coletiva de Trabalho para os entregadores que utilizavam – e utilizam – motos (veículo leve). A empresa recusava pagar o piso referente, alegando que esses trabalhadores eram vendedores. Para o SINDEC os mesmos, além de vendedores, eram e são motoristas. Portanto, teriam e têm direito ao piso maior (salário de motorista). Diante da recusa da empresa, o SINDEC provocou o Ministério do Trabalho que promoveu uma reunião de mediação. Na reunião a empresa manteve a sua posição, recusando a acatar a Convenção (pagar o salário de motorista). O Sindicato persistiu com as denúncias junto ao Ministério do Trabalho, assim a empresa foi autuada. E então, passou a reconhecer o piso de motorista e pagar os trabalhadores. Além da atualização do salário dos trabalhadores que estão na ativa, eles têm direito e estão recebendo às diferenças anteriores. Esse direito, também, é de todos os trabalhadores que já foram demitidos anteriormente, que devem comparecer na empresa para cobrar suas diferenças salariais.

Tel.: 73 3291.2849
Rua Mauá, 54 - Teixeira de Freitas - Bahia
sindectf@uol.com.br